Topo

MMA


Sincero, Dana White diz que prefere que Joanna retorne aos pesos-palhas

Ed Mulholland/AFP
Joanna Jedrzejczyk pretende seguir na categoria dos pesos-moscas Imagem: Ed Mulholland/AFP

11/12/2018 06h55

Após o UFC 231, durante a coletiva de imprensa, Joanna Jedrzejczyk revelou que pretende seguir na categoria dos pesos-moscas (57 kg) mesmo com a derrota sofrida diante de Valentina Shevchenko. No entanto, Dana White parece não dividir a mesma opinião da polonesa. Em entrevista ao site 'MMA Fighting' após o show no Canadá, o cartola do Ultimate revelou que prefere que a ex-campeã dos palhas (52 kg) retorne à sua categoria de origem.

Durante a entrevista após o show sediado em Toronto, Dana comentou sobre a boa relação que possui com a ex-campeã polonesa, e ressaltou que nesse momento Joanna precisa de descanso. A atleta realizou três combates na temporada de 2018 e venceu apenas um, contra Tecia Torres, em julho.

"Eu a amo, ela é uma grande lutadora e uma pessoa tão boa. Eu realmente a considero uma amiga. Eu quero que ela tire um tempo de folga, passe algum tempo com sua família e depois nos reuniremos e conversaremos sobre isso . Mas eu gostaria de vê-la ficar com '115 libras'", opinou Dana.

Apesar da discordância aparente, o desejo de White e a vontade de Joanna podem se concretizar ao mesmo tempo, mas de uma única forma. Isso porque a polonesa revelou que, apesar de pretender seguir carreira nos moscas, ainda sente vontade de retornar a divisão dos palhas, mas com uma condição: disputando o título. Portanto, cabe ao chefão do UFC analisar o pedido de Jedrzeczyk e decidir se concederá outra chance para a ex-campeã da categoria disputar o cinturão.

Aos 31 anos, Joanna conquistou o título dos palhas do UFC em março de 2015, após nocautear Carla Esparza. Mais de dois anos depois, em novembro de 2017, Jedrzejczyk foi superada por Rose Namajunas, que detém o cinturão até então. Ao longo de sua carreira como profissional de MMA, a polonesa acumulou 15 vitórias e apenas três derrotas em seu cartel.