Liga dos Campeões 2018/2019

Liverpool goleia Estrela Vermelha com dois de Salah e lidera grupo do PSG

Do UOL, em São Paulo

  • Carl Recine/Reuters

O Liverpool fez a lição de casa nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões da Europa 2018/2019. Jogando em Anfield Road pela terceira rodada do Grupo C, o time comandado por Jürgen Klopp derrotou o Estrela Vermelha (Sérvia) por 4 a 0, com dois gols de Mohamed Salah.

Com o resultado, o time inglês chegou a seis pontos em dois jogos e assumiu a liderança da chave - a mesma do Paris Saint-Germain, que empatou em casa com o Napoli por 2 a 2. Os italianos têm cinco pontos, contra quatro dos franceses. O Estrela Vermelha, com um ponto, é lanterna.

O melhor: Mohamed Salah, incisivo

O atacante egípcio é um jogador fundamental no ataque do Liverpool, especialmente entrando na área. Nesta quarta-feira, correspondeu quando foi exigido. Marcou um gol em cada tempo, aproveitando uma jogada de Xherdan Shaqiri no primeiro tempo e convertendo um pênalti no segundo. Foi substituído no fim por Daniel Sturridge, que também foi bem.

O pior: Lorenzo Ebecilio, anulado

O meia holandês do Estrela Vermelha, revelado pelo Ajax, tinha a função de iniciar jogadas a partir do meio-campo. Não funcionou: em um jogo de domínio técnico do Liverpool, Ebecilio acabou substituído no segundo tempo, tendo sido pouco aproveitado.

Fabinho recebe uma rara chance como titular

Embora tenha andado até fora do banco de reservas do Liverpool no início da temporada, Fabinho ganhou a confiança de Jürgen Klopp para essa partida e foi escalado como titular no meio-campo. Foi apenas o quinto jogo oficial do brasileiro com a equipe inglesa. Em campo, não decepcionou: mostrou velocidade para se aproximar dos atacantes, administrou a bola e até criou oportunidades - caso do chute para fora aos 3 min do segundo tempo.

Em casa, sem surpresa: Liverpool vence fácil

Os dois times tiveram resultados bastante distintos nas primeiras rodadas. O Estrela Vermelha empatou em casa com o Napoli na estreia (0 a 0), mas foi atropelado pelo Paris Saint-Germain (6 a 1) na segunda rodada, em Paris. Já o Liverpool venceu o PSG na primeira rodada (3 a 2), mas caiu diante do Napoli na segunda (1 a 0), graças a um gol de Lorenzo Insigne no fim do jogo.

Na partida desta quarta, apesar de um começo lento imposto pelo time sérvio, o Liverpool abriu o placar em poucos minutos. Aos 20 min da primeira etapa, Andrew Robertson foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou rasteiro para a área; Roberto Firmino recebeu, limpou a marcação e bateu de esquerda para estufar as redes.

Peter Powell/Reuters
Firmino recebeu, bateu de esquerda e abriu o placar para o Liverpool

Mais tarde, aos 45 min, veio o segundo gol: em rápida triangulação pela direita, Xherdan Shaqiri apenas escorou para Mohamed Salah, que entrou na área e ampliou. O próprio egípcio ampliou no segundo tempo, cobrando pênalti aos 6 min após falta de Filip Stojkovic sobre Sadio Mané na área.

Carl Recine/Reuters
Salah ampliou no fim do primeiro tempo, após passe de primeira de Shaqiri

A partir daí, o Liverpool diminuiu o ritmo e permitiu que o Estrela Vermelha tentasse criar alguma coisa, sem muito sucesso. Fechado, o time sérvio tentava iniciar uma jogada a partir da defesa. Aos 27 min, por exemplo, Dusan Jovancic arriscou um contra-ataque, mas foi interceptado seguramente por Joseph Gomez.

Aos 31 min, a arbitragem assinalou uma bola do braço dentro da área do time sérvio e apontou mais um pênalti - só que Sadio Mané bateu no meio e parou na defesa de Milan Borjan. No entanto, três minutos mais tarde, o senegalês recebeu de Daniel Sturridge em diagonal, entrou na área pela esquerda e escorou para se redimir. Detalhe: só não fez mais um nos acréscimos porque, sozinho, bateu para fora.

No duelo dos técnicos, a técnica decidiu

Vladan Milojevic tinha a missão de conseguir um bom resultado na Inglaterra. Só que do outro lado tinha o Liverpool de Jürgen Klopp, com Mohamed Salah, Roberto Firmino e Sadio Mané no ataque. O time sérvio tentou encontrar espaços em velocidade a partir da defesa, com um 4-2-3-1, mas foi presa fácil para o talento individual do time inglês.

Nos demais jogos, Atlético de Madri é goleado

Também nesta quarta-feira, o Barcelona recebeu a Inter de Milão e venceu por 2 a 0, com gols de Rafinha e Jordi Alba. O jogo foi válido pelo Grupo B, o mesmo de PSV Eindhoven 2 x 2 Tottenham.

No Grupo D, o Porto visitou o Lokomotiv Moscou e fez 3 a 1, enquanto Galatasaray e Schalke 04 ficaram no 0 a 0. No Grupo A, o Borussia Dortmund hospedou o Atlético de Madri e venceu por 4 a 0, graças aos gols de Axel Witsel, Raphael Guerreiro (dois) e Jadon Sancho. Na mesma chave, Brugge e Monaco empataram: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
LIVERPOOL 4 X 0 ESTRELA VERMELHA

Data e hora: 24 de outubro de 2018, às 16h
Local: Anfield Road, em Liverpool (Inglaterra)
Árbitro: Daniel Siebert (Alemanha)
Auxiliares: Jan Seidel (Alemanha) e Patrick Ittrich (Alemanha)
Cartões amarelos: Filip Stojkovic (EST), Nenad Krsticic (EST), Branko Jovicic (EST), Dusan Jovancic (EST) e Marko Gobeljic (EST)
Gols: R. Firmino, aos 20 min do 1º T (LIV); M. Salah, aos 45 min do 1º T (LIV); M. Salah, aos 6 min do 2º T (LIV); Sadio Mané, aos 34 min do 2º T (LIV)

LIVERPOOL: Alisson Becker; Trent Alexander-Arnold, Joseph Gomez, Virgil van Dijk e Andrew Robertston (Alberto Moreno); Xherdan Shaqiri (Adam Lallana), Fabinho e Georginio Wijnaldum; Mohamed Salah (Daniel Sturridge), Roberto Firmino e Sadio Mané
Técnico: Jürgen Klopp

ESTRELA VERMELHA: Milan Borjan; Filip Stojkovic, Milos Degenek, Srdjan Babic e Marko Gobeljic; Nenad Krsticic e Branko Jovicic (Goran Causic); Slavoljub Srnic, Lorenzo Ebecilio (Dusan Jovancic) e El Fardou Ben Nabouhane (Veljko Simic); Richmond Boakye
Técnico: Vladan Milojevic

UOL Cursos Online

Todos os cursos