Topo

Atlético-MG

Maicon empolga no Atlético-MG e disputa vaga com atacante de US$ 6 milhões

Pedro Vale/Agif
Maicon Bolt balançou a rede em vitória do Atlético-MG sobre o Guarani-MG pelo Campeonato Mineiro Imagem: Pedro Vale/Agif

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-02-09T04:00:00

09/02/2019 04h00

Maicon Bolt chegou de forma gratuita ao Atlético-MG depois de rescindir o contrato com o Antalyaspor, da Turquia. Em pouco tempo, já convenceu que pode se tornar titular do time. O atacante briga pela posição com Yimmi Chará.

O jogador de 28 anos disputou duas partidas pelo Galo até o momento, totalizando 102 minutos em campo. Bolt foi titular no triunfo sobre o Guarani-MG e entrou no decorrer do empate com o Danubio, do Uruguai. No curto período em campo, participou de dois gols. Maicon anotou diante da equipe de Divinópolis no Independência e deu passe para Ricardo Olveira deixar a sua marca no duelo válido pela Copa Libertadores.

Mesmo com pouco tempo em campo, o atleta já ganhou a confiança de Levir Culpi e dos colegas de elenco. Ricardo Oliveira se manifestou sobre o início do companheiro na Cidade do Galo.

"Ficamos felizes com a incorporação do Bolt ao nosso grupo. Ele é um jogador de qualidade e demonstrou isso no jogo passado. Ele fez um gol e mostrou que tem passe muito bom. Nem digo que tem cruzamento. Eu estava de fora contra o Guarani e vi que ele tem qualidade no passe. Esperamos que ele nos ajude bastante durante este ano", disse.

A briga pela condição de titular é com Yimmi Chará. Contratado por US$ 6 milhões (R$ 22,39 na cotação atual), o colombiano ainda não convenceu totalmente com as cores do Galo. Em 2019, atuou por 329 minutos em quatro partidas, com um gol e um passe para outro. Em sua primeira temporada, o estrangeiro fez 22 jogos (1.852 minutos), com um gol e passes para outros sete.

Apesar da disputa com Chará pela vaga entre os prediletos de Levir Culpi, Maicon Bolt ainda não alcançou a condição física ideal para disputar uma sequência de jogos completos.

"Preciso de maior ritmo de jogo, algo que vai melhorar daqui pra frente. Fico feliz de marcar o gol e ter dado o passe para o Ricardo. Espero que isso ocorra mais vezes", declarou ao fim do duelo contra o Danubio, na última terça-feira.