Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Como acerto com a Globo deve turbinar orçamento do Palmeiras em 2019

Marcello Zambrana/AGIF
Maurício Galiotte em treino do Palmeiras Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo e Rio de Janeiro

2019-05-24T04:00:00

24/05/2019 04h00

O acerto do Palmeiras com a Globo vai turbinar o orçamento alviverde inicialmente previsto para o ano em pelo menos 16%. A injeção real de dinheiro, na prática, será muito maior, mas essa é a porcentagem considerando apenas a parte fixa e conhecida do acordo. No ano passado, o clube fez a projeção de receitas para 2019 sem contar com dinheiro da Globo e fixou o orçamento em R$ 561 milhões; já o mínimo a entrar com o contrato de TV aberta e pay-per-view está na casa dos R$ 92 milhões.

Esse valor ainda será aumentado com receitas variáveis que dependem de fatores como colocação no campeonato e número de transmissões na TV aberta. As luvas pela assinatura do contrato também não foram divulgadas. Vale frisar que o Palmeiras não vai revisar oficialmente o orçamento para cima, o que não é exigido pelo estatuto do clube. (Por Leandro Miranda)

Palmeiras sai ganhando com adeus de Goulart

O Palmeiras conseguiu que a saída súbita de Ricardo Goulart, que voltou ontem ao Guangzhou Evergrande, da China, não gerasse prejuízo aos cofres do clube. Pelo contrário, os paulistas ainda saíram ganhando. O clube asiático vai ressarcir o Verdão por todo o dinheiro gasto com o jogador até aqui - lembrando que o Palmeiras arcava com apenas cerca de 40% dos salários do meia, e só esse valor já o colocava entre os mais bem pagos do Brasil. Além disso, há uma indenização pela quebra do contrato, que deixou ainda um pequeno lucro para o Palmeiras na operação.

Mais UOL de Primeira