Dia do mercado pelo mundo: R. Carlos na Austrália e novo técnico no Barça

Do UOL, em São Paulo

  • Instagram/Melbourne

O dia do Mercado da Bola pelo mundo teve como principal destaque o novo técnico do Barcelona. A segunda-feira (29) ainda contou com a ida de Roberto Carlos para a Austrália e o futuro de Arsène Wenger praticamente definido no Arsenal.

Confira as últimas do Mercado da Bola pelo mundo:

Novo técnico do Barcelona

Facebook/Athletic Bilbao

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira (29) a contratação do técnico Ernesto Valverde como substituto de Luis Enrique, que deixou a equipe ao fim desta temporada. O treinador se reuniu com diretores do time catalão pela manhã e assinou contrato por duas temporadas. Ele será apresentado na próxima quinta-feira (01).

Roberto Carlos vai para a Austrália

Roberto Carlos vai voltar a exercer a função de treinador. O ex-jogador acertou com o South Melbourne, da Austrália. O início do trabalho depende apenas da autorização da Federação Australiana (FFA) para que o clube integre a elite do futebol do país. "Meu objetivo é vir aqui e continuar a mentalidade vencedora", disse Roberto Carlos.

Wenger deve ficar no Arsenal

Lee Smith/Reuters

O técnico Arsène Wenger aceitou as bases salariais oferecidas e irá assinar nesta semana a renovação de seu contrato com o Arsenal. A informação é do jornal britânico "The Times". Há 21 temporadas no comando do clube inglês, Wenger tem uma proposta em mãos de um acordo de dois anos.

Ederson será o goleiro mais caro da história

O brasileiro Ederson está perto de se tornar o goleiro mais caro da história. De acordo com o jornal "Manchester Evening News", o Manchester City desembolsou 35 milhões de libras (R$ 147 milhões) para tirar o jogador do Benfica. Com isso, Ederson superaria a transferência de Buffon do Parma para a Juventus, em 2001. Na época, o negócio foi fechado pelo equivalente a 33 milhões de libras.

Boateng é plano B do Chelsea

De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o Chelsea fez sondagens a respeito do zagueiro Jérôme Boateng, do Bayern de Munique. O alemão seria um "plano B" caso o time londrino não consiga contratar o holandês Virgil van Dijk, do Southampton. Van Dijk é tido pela publicação como alvo principal do Chelsea, mas o Southampton afirma que não venderá o defensor de 25 anos por menos de 50 milhões de libras (cerca de R$ 210 milhões).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos