Romero chama Santos de "pequeno" após empate; David Braz rebate

Do UOL, em São Paulo

O atacante corintiano Romero provocou o Santos na saída do gramado do Pacaembu depois do empate por 1 a 1 no clássico da décima rodada do Campeonato Paulista. 

"Olha aí como estão comemorando. Time pequeno", disse o paraguaio à rádio "Band News" diante da festa dos santistas nas arquibancadas. A equipe do litoral paulista perdia o jogo até os 41 minutos do segundo tempo, quando Diogo Vitor empatou.

Bastante acionado no ataque corintiano, Romero causou polêmica ainda dentro de campo. Na etapa final, ao tentar evitar a saída da bola pela lateral, o jogador deu um carrinho e foi parar no banco do Santos. Na sequência, foi tocado por um dos reservas, caiu e provocou o início de uma pequena confusão.

"Tomei uma porrada, mas tudo bem. Faz parte do jogo", concluiu. 

David Braz rebate: "Moleque"

Ao tomar conhecimento das declarações de Romero, o zagueiro santista David Braz não poupou críticas ao paraguaio. "Ele é um jogador que gosta de polêmica. Todo mundo fala muito dele, fala negativo. Ele gosta de chamar atenção e de provocar e não gosta de ser provocado", afirmou. 

"Foi o que aconteceu lá no banco de reservas. A bola tinha saído há muito tempo e ele fez aquela encenação, dando aquele carrinho. Se alguém fez alguma coisa foi em reação a ele, que provocou. Falei para o Balbuena falar isso para ele; São companheiros, falam a mesma língua, porque eu não tenho paciência de falar com esse moleque não. Moleque!". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos