Vinicius Jr é criticado por jornal espanhol: "efeito Vinicius desapareceu"

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

    Vinicius Jr durante a derrota do Real Madrid para o Alavés, por 1 a 0

    Vinicius Jr durante a derrota do Real Madrid para o Alavés, por 1 a 0

Durou um mês a lua de mel entre a imprensa espanhola e o atacante Vinicius Junior. O jornal espanhol AS criticou o fim do 'efeito Vinicius Jr' e falou sobre a falta de aproveitamento do brasileiro no elenco do Real Madrid.

"O efeito Vinicius desapareceu. Um mês depois de sua exibição em Melilla, ele acumulou 61 minutos em três jogos e não conseguiu voltar a ser titular. A melhora do Real Madrid no ataque o freou", afirmou o jornal.

Essa melhora descrita pelo jornal tem participação de Lucas Vázquez. O espanhol foi fundamental nas duas últimas vitórias da equipe merengue, contra a Roma, pela Liga dos Campeões e no último domingo (02), na vitória contra o Valencia pelo Campeonato Espanhol - ambas por 2 a 0 e com gols de Lucas Vázquez.

Para o jornal, o espanhol é um dos responsáveis pela 'freada' na ascensão do brasileiro no Real Madrid. Além de ver seu concorrente de posição brilhar nas duas últimas partidas, Vinicius Jr não tem sido escolhido por Solari para entrar nos minutos finais das partidas. O técnico argentino tem optado por Federico Valverde, jogador com passagens pelas categorias de base da equipe.

No dia 31 de outubro, o Real Madrid venceu por 4 a 0 o Melilla, equipe da segunda divisão espanhola, pela Copa do Rei. O dia foi marcado pela estreia de Santiago Solari no comando da equipe madrilena e pelo fato de Vinicius Jr ter contribuído com uma assistência e atuação durante os 90 minutos.

O atacante brasileiro ganhou espaço no Real Madrid após a demissão de Julen Lopetegui, ganhou mais minutos e foi decisivo na 11ª rodada do Campeonato Espanhol, durante a vitória da equipe merengue sobre o Real Valladolid por 2 a 0. Vinicius Jr teve participação direta nos dois gols – fez um deles e teve participação direta na jogada que resultou em um pênalti que Sérgio Ramos bateu e aumentou o marcador.

Porém, depois disso atuou em apenas três ocasiões e por apenas 61 minutos: 17 contra o Valladolid, 28 contra o Viktoria Plzen e 16 contra o Eibar. 

Os atuais tricampeões da Champions League voltam a campo na próxima quinta-feira (06), pela Copa do Rei, contra o próprio Melilla, no Santiago Bernabéu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos