Palmeiras oferece R$ 5,2 mi e atletas por Rocha; Galo quer Scarpa ou Guerra

Danilo Lavieri, Leandro Miranda e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vale/AGIF

    Marcos Rocha em ação pelo Palmeiras; Atlético quer Scarpa ou Guerra para liberá-lo

    Marcos Rocha em ação pelo Palmeiras; Atlético quer Scarpa ou Guerra para liberá-lo

O Atlético-MG discute a situação de Marcos Rocha com o Palmeiras. Ciente de que o Verdão não deseja pagar o valor integral da multa, que é de 2 milhões de euros (R$ 8,69 milhões), o Galo abriu conversas para que haja outra forma de compensação no negócio

As conversas foram iniciadas ao fim do Campeonato Brasileiro, e o Palmeiras já se mostrou disposto a incluir jogadores e pagar até 1,2 milhão de euros (R$ 5,22 milhões). A composição apresentada pelos paulistas agrada à diretoria do Galo. Resta aos clubes definir quem irá a Belo Horizonte na negociação.

Há duas possibilidades em relação ao número de atletas. É possível que o negócio seja em definitivo, envolvendo apenas um nome. Porém, existe também a chance de o acordo ser por empréstimo, incluindo dois ou mais jogadores.

O Atlético gosta de dois nomes do elenco do Palmeiras: Gustavo Scarpa e Alejandro Guerra. Os meias, porém, são considerados caros, fator que impediria que um dos dois seja enviado ao Galo em definitivo. Os mineiros tentam convencer o diretor Alexandre Mattos a incluir pelo menos um deles.

Marcos Rocha tem contrato de empréstimo com o Palmeiras até 31 de dezembro de 2018. Após a data, o Verdão também perde a preferência na aquisição dos direitos do jogador. Há, no clube, a confiança de que ele vai permanecer. O lateral de 29 anos tem contrato com o Atlético até o fim de 2019.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos