Topo

Futebol


Paquetá se despediu em baixa, mas brilhou pelo Flamengo; veja lances

Alexandre Loureiro/Getty Images
Lucas Paquetá se emociona na despedida do Flamengo, seu clube de coração Imagem: Alexandre Loureiro/Getty Images

Do UOL, no Rio de Janeiro

2018-12-04T04:00:00

04/12/2018 04h00

Lucas Paquetá se despediu do Flamengo na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, pelo Campeonato Brasileiro, nesse sábado (1), no Maracanã. O estádio cheio emocionou o meia e o deixou convicto de que um dia quer voltar ao clube do coração. O adeus, no entanto, foi em baixa. Apesar de ter sido escolhido um dos melhores da competição, o jogador caiu de rendimento no segundo semestre, principalmente depois do anúncio da venda ao Milan.

Ainda que tenha vivido momentos ruins, foi fundamental em vitórias importantes. A principal delas: os 3 a 0 sobre o Corinthians, em Itaquera. Paquetá fez dois gols em um jogo marcante para ele. No primeiro, cabeceou com estilo para vencer Cássio.

Já no segundo, ele se posicionou bem e aproveitou o rebote da cobrança de escanteio de Vitinho. Os dois gols mostraram características do jogador, que precisou se reinventar desde que subiu para os profissionais do clube.

A primeira prova de fogo, inclusive, foi na decisão da Copa do Brasil de 2017 sob o comando de Reinaldo Rueda. O Flamengo perdeu o título, mas ali desabrochou o talento de Paquetá para jogar no meio ou até como centroavante, posição na qual foi escalado na final e terminou responsável pelo gol rubro-negro no Maracanã.


Antes de atuar contra o Cruzeiro, Paquetá entrou em alguns jogos da temporada, mas deixou cartão de visitas impactante ainda no início de 2017, quando fez um gol quase do meio de campo em partida contra o Madureira pelo Campeonato Carioca. Mesmo assim, por pelo menos duas vezes quase foi emprestado para clubes menores. O colombiano Rueda foi quem, de fato, o segurou no Ninho do Urubu.

Entre gols e atuações marcantes, Paquetá colecionava lances de efeito. Foram diversos dribles que povoaram o imaginário dos torcedores. Um deles, no clássico contra o Fluminense, em 7 de junho de 2018. Lindo chapéu em Douglas para delírio da torcida.

Com a camisa do Flamengo, Lucas Paquetá entrou em campo 96 vezes e fez 18 gols. O saldo, claro, é positivo, mas ele deixou o clube marcado por recentes atuações ruins e dois lances negativos. O primeiro no empate por 1 a 1 com o Palmeiras, quando perdeu um gol e isolou a chance de o Rubro-negro se aproximar ainda mais do Alviverde, que depois da partida teve caminho livre para confirmar o título.

Já o segundo foi a expulsão na vitória por 1 a 0 sobre Sport, pouco depois de ter recebido o cartão amarelo. Apesar dos lances de efeito e de ter decidido alguns jogos, a última impressão ficou marcada negativamente para Paquetá. Ele, no entanto, já pensa no futuro, ainda que tenha uma longa história a construir no Milan.

"É dolorido sair do clube sem conquistar títulos. Mas é algo que está vivo e sei que ainda posso voltar. Aquele gol contra o Palmeiras poderia mudar o Campeonato Brasileiro. Fiquei mal no dia seguinte. Mas a minha vida vai continuar com o Flamengo no coração", declarou.

Mais Futebol