Topo

Futebol


Diretor do PSG confirma afastamento de Rabiot e se diz enganado por atleta

Matthias Hangst/Getty Images
Meio-campista está encostado no PSG; destino em 2019 deve ser o Barcelona Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/12/2018 12h44

O meio-campista Adrien Rabiot não sabe quando voltará a entrar em campo, mas são grandes as chances de que ele não atue mais pelo Paris Saint-Germain. Encostado no clube, o jogador tem contrato até o final da temporada 2018/2019, e seu compromisso não será renovado.

Em entrevista ao Yahoo! Sport francês, o diretor esportivo do PSG, Antero Henrique, afirmou que o clube não fará mais esforços para a renovação de Rabiot. Desta forma, não há interesse em utilizá-lo no restante da atual temporada.

"(Não renovar o contrato) foi uma decisão tomada pelo clube após uma reunião com o jogador. O jogador me informou que não iria assinar um contrato e que queria deixar o clube no final da temporada por estar livre - ou seja, no final do contrato. Para o jogador, isso terá uma consequência muito clara: ele permanecerá na reserva por um período indeterminado", afirmou.

Leia também:

Rabiot tem sido protagonista de muitas polêmicas no PSG ao longo de 2018. Em maio, o jornal L'Equipe alertava para as dificuldades que o clube teria para renovar contrato com o meio-campista, que poderia assinar um pré-contrato com qualquer clube no primeiro semestre de 2019. A partir de julho, cresceram os rumores que ligam o jogador ao Barcelona.

Na entrevista, Henrique se mostrou surpreso com a reviravolta no caso. "Vários meses atrás, tivemos conversas positivas com seu representante, na perspectiva de que ele permanecesse no clube e assinasse um novo contrato. Também aceitamos todas as condições do jogador relacionadas ao campo esportivo. Nós havíamos discutido essas condições para que ele ficasse conosco por muitos anos. Mas, infelizmente, de agora em diante, as discussões pararam totalmente", disse o dirigente, afirmando ter se sentido enganado pelo camisa 25.

"Parece que o jogador e seu representante nos enganaram por vários meses. Devo acrescentar que essa situação é desrespeitosa tanto para o clube quanto para os torcedores. Especialmente de um jogador que jogou vestindo nossas cores desde as categorias de base até o time principal. Um jogador que sempre recebeu o apoio total do clube", completou.

Mais Futebol