Ainda sem numeração, Palmeiras tem camisas "titulares" disponíveis em 2019

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

    Reforços do Palmeiras para 2019 ainda não têm numeração definida

    Reforços do Palmeiras para 2019 ainda não têm numeração definida

O Palmeiras ainda não divulgou a numeração oficial para a temporada 2019, mas a expectativa é que não haja grandes mudanças em relação ao ano passado. Com quase todo o elenco campeão brasileiro mantido para este ano, a principal dúvida fica por conta de quais serão as camisas escolhidas pelos cinco jogadores contratados e pelos atletas que voltam de empréstimo e, a princípio, serão aproveitados por Felipão.

Duas camisas "titulares" estão sem dono desde o meio do ano passado: a 8, que era de Tchê Tchê até ele ser vendido para o Dínamo de Kiev, da Ucrânia; e a 11, cujo último dono foi o atacante Keno, negociado com o Pyramids, do Egito. Levando em conta a numeração usada no ano passado, também estão vagos o 22, o 23, o 24, o 27 e todos a partir do 31 (com exceção do 42, usado por Jailson).

O principal candidato a assumir a 8 é Matheus Fernandes, volante contratado do Botafogo. Já a 11 tende a ficar com um outro reforço. Os outros quatro nomes já anunciados pelo Palmeiras são Zé Rafael, Felipe Pires, Carlos Eduardo e Arthur Cabral. O clube também sonha com a contratação por empréstimo de Ricardo Goulart, do Guangzhou Evergrande, mas depende da liberação dos chineses.

No jogo-treino contra o Comercial no último sábado (12), vencido por 1 a 0 com gol de Borja, o Palmeiras usou uniformes de treinamento sem números às costas. Além dos novos contratados, o único atleta que participou da atividade e não tem um número definido no site do clube foi o zagueiro Juninho, que voltou de empréstimo do Atlético-MG e será observado pela comissão técnica neste início de ano.

Alguns dos atletas sem número não ficarão para 2019. São os casos do zagueiro Pedrão e do meia Vitinho, que devem ser emprestados, e do meia Allione, que acertou sua ida para o Rosario Central. Com isso, são nove os jogadores que ainda precisam ter uma camisa definida: Fabiano, Juninho, Matheus Fernandes, Raphael Veiga, Zé Rafael, Carlos Eduardo, Felipe Pires, Erik e Arthur Cabral.

No ano passado, o Palmeiras divulgou a numeração em 15 de janeiro, três dias antes da estreia contra o Santo André no Campeonato Paulista. Em 2019, o primeiro jogo no estadual está marcado para o dia 20, diante do Red Bull.

Confira os números usados pelos jogadores do Palmeiras em 2018:

1 - Fernando Prass
2 - Marcos Rocha
3 - Edu Dracena
4 - Nico Freire
5 - Thiago Santos
6 - Diogo Barbosa
7 - Dudu
9 - Borja
10 - Moisés
12 - Mayke
13 - Luan
14 - Gustavo Scarpa
15 - Gustavo Gómez
16 - Deyverson
17 - Jean
18 - Guerra
19 - Bruno Henrique
20 - Lucas Lima
21 - Weverton
25 - Antônio Carlos
26 - Victor Luís
28 - Hyoran
29 - Willian
30 - Felipe Melo
42 - Jailson
47 - Yan

UOL Cursos Online

Todos os cursos