Topo

Flamengo

"Amigos meus morreram", diz atacante de 16 anos da base do Flamengo

Karla Torralba

Do UOL, em São Paulo

2019-02-08T10:17:25

08/02/2019 10h17

Atleta da base do Flamengo, Felipe Rocha, 16 anos, conversou com o UOL Esporte sobre o incêndio que aconteceu no CT Ninho do Urubu, do Flamengo, na madrugada desta sexta-feira (8). O atacante, que está na base do clube há sete anos, disse que perdeu amigos no local. 

"Amigos meus morreram. Conhecia a maioria deles. Hoje não teve treino, então estou em casa. Acordei com várias ligações perguntando se eu estava bem. Olhei na minha televisão e vi", disse Felipe Rocha, conhecido como Felipinho.

"Tentei ligar para amigos mais próximos e eles estão bem, mas a maioria perdeu o celular e não consegui falar", disse Felipe. Ele mora em bairro próximo ao CT e por isso não estava dormindo no local.

Leia também:

INCÊNDIO NO CT DO FLAMENGO DEIXA 10 MORTOS

UOL Esporte

"Estou muito mal. Estou com o celular na mão e não para. Meu celular está ligado", comentou. "São pessoas que moram longe ou fora do Estado. Eu conhecia todo mundo. [No] alojamento, eu conhecia todos", lamentou. 

O incêndio atingiu a ala mais velha do CT, que servia de alojamento para as categorias de base e recebia jogadores de 14 a 17 anos de idade. As vítimas estavam dormindo no momento do incêndio, o que teria contribuído para a tragédia.

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro divulgou que há 10 mortos e três feridos. Christian Esmério, goleiro de 15 anos, foi confirmado como um dos que faleceu.

Já os feridos foram identificados como Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, Francisco Dyogo Bento Alves, 15, e Jhonata Cruz Ventura, 15. Eles foram levados para o hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca,

O elenco principal do Flamengo tinha trabalho programado para o Ninho do Urubu na manhã desta sexta-feira. A equipe faria, a partir das 9h30, seu último treinamento antes do clássico contra o Fluminense pela Taça Guanabara. Diante da tragédia, a atividade e a própria rodada do Campeonato Carioca foram adiadas.

Jogadores da base que escaparam do incêndio seguem em outra ala do CT. Eles têm utilizado as redes sociais para tranquilizar seus familiares.

Reprodução/Instragam
João Pedro Cruz, jogador da base do Flamengo, usou as redes sociais para dizer que está bem Imagem: Reprodução/Instragam

Reprodução/Instragam
Fabrício Yan, jogador da base do Flamengo, também se manifestou em sua conta no Instagram Imagem: Reprodução/Instragam