Topo

Pato volta ao São Paulo: "Aqui o coração bate mais forte"

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

27/03/2019 17h09

O São Paulo anunciou a volta de Alexandre Pato na tarde de hoje. Um vídeo foi publicado nas redes sociais do clube por volta das 17h. A frase "aqui o coração bate mais forte" foi usada, em alusão às comemorações de Pato batendo no peito e para ressaltar que o atacante preteriu o Palmeiras por ter uma relação com o Tricolor. O contrato do atacante será válido até o fim de 2022.

A negociação completa foi selada por 8 milhões de euros, que serão diluídos ao longo das quatro temporadas. O salário inicial de Pato, até dezembro, deve ficar na casa dos R$ 300 mil. Haverá aumento gradativo nos outros anos. A comissão repassada a empresários representa 5,6% do valor total.

Para fechar o retorno do atacante de 29 anos, foi preciso fazer um ajuste de última hora no formato do contrato, para superar a concorrência do Palmeiras. O São Paulo tinha a ideia inicial de propor um vínculo apenas até o final do ano, com possibilidade de renovação por mais três temporadas dependendo do desempenho, mas trocou a oferta para um contrato maior logo de cara.

O otimismo do Tricolor pelo acerto havia ficado abalado nos últimos dias depois de o Palmeiras ter entrado na jogada. O Verdão demonstrou interesse pelo jogador e fez uma proposta financeiramente superior. O alviverde diz ter proposto um acordo até o final do ano, sem pagamento de luvas, mas o São Paulo mudou a proposta após saber de uma oferta de quatro temporadas do rival. Pesou também a vontade do jogador de um dia voltar ao Tricolor.

A primeira passagem de Pato pelo São Paulo começou em fevereiro de 2014 e terminou em dezembro de 2015. Foram 38 gols e 15 assistências em 101 partidas. O atacante criou relação estreia com o clube do Morumbi, inclusive visitando o estádio em dias de jogos nos últimos anos.

divulgação/São Paulo FC
Imagem: divulgação/São Paulo FC

Depois de negociações frustradas em 2016, o São Paulo voltou a tentar a volta de Pato neste mês, quando o jogador pagou para rescindir com o Tianjin Tianhai, da China. Pato já falava com dirigentes e colegas no elenco desde janeiro, avisando que gostaria de retornar ao Tricolor.

Para isso se concretizar, porém, foi preciso do aval de Cuca. O técnico tinha receio de que a chegada de Pato impedisse a contratação de outros reforços, algo que a diretoria assegurou que não vai acontecer. Nesta semana, inclusive, o treinador chegou a ajudar nas negociações ao ligar para o atacante de 29 anos.