Topo

Esporte


Com um a menos, Santos misto leva gol no fim e perde do Atlético-GO

@SantosFC
Imagem: @SantosFC

Do UOL, em Santos (SP)

2019-04-04T21:06:22

04/04/2019 21h06

O Atlético-GO largou na frente no confronto diante do Santos pela terceira fase da Copa do Brasil. Em jogo disputado no estádio Antônio Accioly, na noite de hoje, o time goiano manteve os 100% de aproveitamento como mandante na temporada e aproveitou a expulsão de Gustavo Henrique no começo do segundo tempo para vencer a equipe mista de Jorge Sampaoli por 1 a 0.

De olho no clássico da semifinal do Paulista, contra o Corinthians, o técnico Jorge Sampaoli mandou a campo um time misto, com cinco titulares poupados: Alison, Pituca, Sánchez, Jean Mota e Derlis González. Com pouco entrosamento, o time não resistiu à pressão dos anfitriões que aproveitaram a vantagem numérica para abrir o placar aos 36min do segundo tempo.

Santos e Atlético-GO voltam a se encontrar pela terceira fase da Copa do Brasil na próxima quinta-feira (11), desta vez com mando do time paulista. A equipe goiana joga pelo empate para avançar para a próxima fase.

Os dois times agora voltam suas atenções para seus respectivos campeonatos estaduais. O Atlético-GO volta a jogar no Accioly no domingo e recebe o Vila Nova na segunda partida da semifinal do Campeonato Goiano. Já o Santos entra em campo um dia depois, segunda-feira, quando recebe o Corinthians no Pacaembu no duelo de volta da semi do Paulistão.

OS MELHORES: JORGE E JORGINHO

Titular do Santos nesta noite, Jorge estava sem atuar em um jogo oficial desde dezembro de 2018, mas nem parecia. Ao lado de Rodrygo, o lateral foi o melhor do Santos no primeiro tempo e por pouco não deixou sua marca após bela jogada individual. Na etapa final, manteve o nível de atuação e seguiu como jogador mais criativo da equipe, dando inclusive um lindo chapéu no meio-campo. Já do lado do Atlético-GO, Jorginho já vinha sendo um dos melhores em campo e ainda deixou a sua marca no fim.

O PIOR: GUSTAVO HENRIQUE

Deixou o Santos na mão sem necessidade. Um cartão por reclamação no primeiro tempo e outro por parar contra-ataque de forma descarada no meio-campo. Com um a menos, o Santos sofreu com uma bola cruzada e acabou derrotado.

1ºT DO SANTOS SE RESTRINGE A JOGADAS INDIVIDUAIS

Sem muito entrosamento por conta de time misto, o Santos teve dificuldades para construir jogadas pelo meio-campo. Desta forma, coube a alguns jogadores explorar a individualidade para chegar perto do gol do Atlético-GO. Foi assim duas vezes com Rodrygo pela direita - em gol perdido por Cueva - e uma com Jorge, pela esquerda. Já o time da casa demorou a acordar, mas assustou duas vezes no fim da etapa inicial e exigiu uma grande defesa de Éverson.

GUSTAVO HENRIQUE DEIXA SANTOS COM UM A MENOS

O Santos ficou em desvantagem numérica logo no começo do segundo tempo. Gustavo Henrique, que já havia recebido cartão amarelo na etapa inicial, parou um contra-ataque e foi advertido com novo cartão, sendo expulso de campo. Com isso, Rodrygo acabou 'sacrificado' e deu lugar ao zagueiro Luiz Felipe.

ARBITRAGEM ERRA E IMPEDE CHANCE CLARA DOS ANFITRIÕES

O Atlético-GO reclamou bastante - e com razão - de um lance que lhe proporcionaria uma chance clara de gol no segundo tempo. Moraes foi lançado e ficou cara a cara com Éverson, mas o assistente marcou impedimento. O jogador do time goiano, porém, havia saído do campo de defesa no momento do lançamento.

ATLÉTICO-GO ARRISCA E SE DÁ BEM

Com a expulsão de Gustavo Henrique, o técnico Wagner Lopes resolveu colocar o time mais para frente: sacou o volante Washington e colocou em campo o atacante André Luís. Não chegou a dominar o Santos, que curiosamente até melhorou depois de ficar com um a menos, mas criou algumas boas chances. E em uma delas, acabou premiado, com Jorginho aproveitar cruzamento e cabecear para as redes, aos 36min da segunda etapa.

SANTOS TERÁ REFORÇO DE GUSTAVO HENRIQUE NO PAULISTÃO

Se por um lado Gustavo Henrique está fora do jogo de volta da Copa do Brasil, o zagueiro ficou à disposição do técnico Jorge Sampaoli para a decisão de segunda-feira contra o Corinthians. Isso porque o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concedeu efeito suspensivo ao jogador, que havia sido suspenso por quatro jogos pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo. (Leia mais)

ATLÉTICO-GO 1 X 0 SANTOS

Data: 04/04/2019 (quinta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Cartões amarelos: Cueva, Gustavo Henrique, Soteldo (Santos), Moraes, Lucas Rocha, Gilvan (Atlético-GO)
Cartão vermelho: Gustavo Henrique (Santos)
Gols: Jorginho, aos 36min do segundo tempo

ATLÉTICO-GO
Maurício Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Gilvan e Moraes (Reginaldo); Pedro Bambu, Washington (André Luis) e Jorginho; Matheuzinho, Pedro Raul e Mike (Gilsinho)
Técnico: Wagner Lopes

SANTOS
Everson; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Yuri (Alison), Jean Lucas e Cueva (Derlis González); Soteldo, Rodrygo (Luiz Felipe) e Eduardo Sasha
Técnico: Jorge Sampaoli

Menon analisa derrota do Santos contra o Atlético-GO

UOL Esporte

Mais Esporte