Topo

Futebol


Corinthians pega o Goiás para engrenar o ataque de vez e entrar no G-5

Corinthians encara uma das piores defesas do Brasileiro. Goiás já sofreu duas goleadas por 6 a 1 - Corinthians em campo (Divulgação)
Corinthians encara uma das piores defesas do Brasileiro. Goiás já sofreu duas goleadas por 6 a 1 Imagem: Corinthians em campo (Divulgação)

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/08/2019 04h00

O Corinthians entra em campo hoje para encarar o Goiás, às 19h15 (de Brasília), em Itaquera, pelo jogo adiado da sétima rodada do Campeonato Brasileiro, com dois objetivos: engrenar o seu ataque de vez na temporada e "de quebra" entrar no G-5, grupo de classificação para a Copa Libertadores 2020.

Se vencer os goianos, o Timão ultrapassa São Paulo e Internacional na tabela e sobe da sétima para a quinta colocação.

Desde que retornou da parada da Copa América, o ataque do Corinthians evolui bastante. Antes, o time de Carille só havia marcado sete gols em oito jogos, e só superava o ataque dos "lanternas" da competição: CSA, com três gols, e Avaí, com quatro. Hoje, são seis gols em quatro jogos e, se contar a Sul-Americana, o número sobe para dez gols em seis partidas.

E nada melhor para Vagner Love, Pedrinho e companhia do que encarar uma das piores defesas do Brasileiro para continuar engrenando o ataque. Isso porque o Goiás já tomou 20 gols em 12 jogos, sendo duas goleadas por 6 a 1: contra Flamengo e Santos.

Somente Chapecoense, com 23 gols, e Fluminense, com 22, sofreram mais gols. Cruzeiro e CSA, que assim como a Chape, estão na zona de rebaixamento, empatam com os goianos em gols sofridos (20). Já o lanterna da competição, o Avaí, sofreu menos gols que o Goiás, com 18.

Para o duelo contra o Goiás, o técnico Fábio Carille faz mistério em relação ao time que inicia o confronto. O treinador realizou treino fechado ontem, no CT Joaquim Grava, e por isso não deixou pistas se poupará algum titular em Itaquera.

O quarteto ofensivo escalado contra o Palmeiras: Pedrinho, Sornoza, Vagner Love e Clayson, pode ser repetido. Mas não será surpresa se Carille poupar algum deles. Contra o Fortaleza, por exemplo, ele escalou Boselli, Everaldo e Mateus Vital como titulares.

O Goiás, que perdeu o técnico Claudinei Oliveira, demitido após a goleada sofrida para o Santos por 6 a 1, na Vila Belmiro, no último domingo, não contará com três jogadores que pertencem ao Corinthians e estão emprestados: o zagueiro Yago e os meias-atacantes Giovanni Augusto e Marlone.

Robson Gomes, preparador físico, comandará o time contra o Corinthians. Ney Franco é "número 1" da lista de técnicos que pode substituir Claudinei Oliveira.

Ficha técnica
Corinthians x Goiás

Data: 07/08/2019
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
Árbitro do VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Junior Urso, Sornoza (Mateus Vital), Pedrinho, Clayson (Everaldo); Vagner Love (Boselli). Tércnico: Fábio Carille.

Goiás: Tadeu; Kevin, Rafael Vaz, Fábio Sanches e Jefferson; Geovane, Yago Felipe, Léo Sena; Barcia, Michael e Kayke. Técnico: Robson Gomes (interino)

Mais Futebol