Topo

Esporte


Ferido em incêndio grava vídeo, fala em continuar no Fla e pede oração

11/02/2019 07h27

Primeiro dos três atletas feridos no incêndio da última sexta-feira, no Ninho do Urubu, a deixar o Centro de Terapia Intensiva (CTI), Cauan Emanuel, de 14 anos, está se recuperando bem e, nas redes sociais, publicou um vídeo nas primeiras horas desta segunda-feira (11). Ainda no quarto do Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, o jovem atacante agradeceu as mensagens de apoio que vem recebendo e pediu que as orações pelos 10 amigos que perderam as vidas na tragédia e suas famílias continuem.

"Peço que orem pelos amigos que partiram, que Deus guarde a alma deles, que console a família de cada um deles. Tenho feito minha parte. Podem ter certeza que continuarei no Mengão e farei tudo que eles merecem, de coração", afirmou o atacante do Flamengo, em vídeo publicado nesta madrugada.

Leia também

Cauan também usou as redes sociais para agradecer ao apoio dado pelo Flamengo a ele e sua família, assim como aos seus empresários. Além disso, o atacante publicou vídeos de momentos de descontração no alojamento do Flamengo, desejando pronta recuperação a Jhonata Ventura e lamentando o falecimento dos outros companheiros das categorias de base do Flamengo.

"Também quero agradecer ao Flamengo por toda assistência com a gente e a minha família e aos meus empresários por estarem me acompanhando nesse momento tão difícil", disse.

De acordo com o último boletim médico divulgado, Cauan Emanuel "está bem clinicamente e respira sem ajuda de oxigênio". O jogador realiza exercícios de fisioterapia no local e, segundo a avó Vera Lúcia, que o visitou no domingo, o mesmo já brinca, pedindo até para os médicos aumentarem as cargas.

Também no Hospital Vitória, Francisco Dyogo está em "curva de melhora", mas, com uma recuperação mais lenta, seguirá o tratamento de fisioterapia no CTI.

No centro de tratamento de queimados do Hospital Pedro II, Jhonata Ventura segue em quadro grave, mas estável. O atleta apresentou febre nas últimas 24h e "realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas".

Tragédia do CT do Flamengo: saiba quem são as vítimas

UOL Esporte

Mais Esporte