Vitória empata com Bahia, afunda rival em crise e é campeão baiano

Do UOL, em São Paulo

  • EDSON RUIZ/ESTADÃO

    Jogadores do Vitória celebram gol de Dinei frente ao Bahia

    Jogadores do Vitória celebram gol de Dinei frente ao Bahia

A torcida do Vitória pode soltar o grito de campeão. Após dois anos sem conquistar o título do Campeonato Baiano, a equipe nem precisou se esforçar muito neste domingo. Contou com a goleada histórica no primeiro jogo em cima do rival Bahia e garantiu o empate por 1 a 1, no Barradão, para levantar a taça novamente. A partida ainda teve uma situação inusitada: a invasão de um cachorro.

A equipe rubro-negra venceu o primeiro jogo por 7 a 3, na Fonte Nova, e praticamente definiu o confronto. O Tricolor precisava ganhar o clássico por cinco gols de diferença para reverter a vantagem.

O título do Vitória comemora a boa fase do time. O Rubro-Negro foi líder isolado na maior parte do torneio e finalizou a competição com o maior número de pontos. Comprovou sua supremacia ao vencer os três Bavis que haviam sido disputados até o momento, com direito a goleadas históricas por 5 a 1 e 7 a 3, além de um triunfo por 2 a 1.

Já o Bahia está afundado em crise com um momento turbulento na política do clube a revolta da torcida contra a diretoria. E a maior prova disso foi o número de torcedores presentes na área reservada para os tricolores no estádio. Como forma de protesto, apenas 13 pessoas foram assistir ao jogo.

Mesmo com o Bahia tendo a necessidade do resultado, quem começou melhor a partida foi o Vitória. Logo com três minutos de jogo, a equipe desperdiçou uma chance incrível com Gabriel e mostrou controle do jogo.

Aos 18 minutos, o time abriu o placar. Em jogada pelo lado direito, Nino chutou cruzado e Dinei, ex-Palmeiras, completou para o gol. Após o tento, o Bahia passou a tocar a bola no meio de campo, mas tinha dificuldades para encontrar espaços.

Um lance inusitado ainda aconteceu no primeiro tempo. Um cachorro invadiu o campo do estádio Barradão e a partida foi paralisada. O jogo só voltou a correr minutos depois quando o animal foi retirado do gramado.

No segundo tempo, o Bahia precisava sair para o jogo, enquanto o Vitória tocava a bola sem pressa. Aos 21 minutos, o time tricolor fez seu gol de honra. Fernandão recebeu passe na frente e, livre da marcação, tocou por baixo das pernas de Wilson.

O Bahia já se mostrava sem esperanças, enquanto o Vitória não tinha mais pressa. A postura das duas equipes deixou a partida morna e sem emoção até o apito final. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos