Topo

Paulista - 2019


Deyverson é expulso e gera reclamações do Palmeiras contra a arbitragem

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/02/2019 19h27

O dérbi deste sábado (2) terminou com polêmica. O atacante Deyverson, do Palmeiras, recebeu o cartão vermelho após ser acusado de dar uma cusparada no rosto do meio-campista Richard, do Corinthians. A expulsão do atacante revoltou o elenco palmeirense, que deixou o gramado do Allianz Parque reclamando muito da ação do árbitro Luiz Flávio de Oliveira na derrota alviverde por 1 a 0.

LEIA MAIS:
- Corinthians "cozinha" Palmeiras no Allianz e vence primeiro dérbi do ano
- Se cuspiu, tem que ser expulso três vezes, diz Felipão sobre Deyverson

O volante Felipe Melo, por exemplo, preferiu não falar com a imprensa na saída para os vestiários. Já o lateral esquerdo Diogo Barbosa, mesmo mais ponderado, deixou exposta a insatisfação com a atuação de Luiz Flávio de Oliveira.

"No lance da expulsão do Deyverson, ele foi pisado pelo Henrique, e o juiz não deu. O critério tem que ser para os dois lados. É ruim ficar falando sempre isso, mas tem que ser o critério deles. Não é a primeira vez. Este árbitro N vezes puxa muito para o Corinthians", reclamou, em entrevista ao Premiere FC.

A reclamação dos palmeirenses descreve o lance anterior à expulsão de Deyverson. O centroavante tentou arrancar pelo meio da defesa corintiana e acabou derrubado. No momento da queda, o camisa 16 se enrolou com o zagueiro Henrique e acabou tocado pelo volante Richard.

O lance esquentou o clima no fim do clássico, mas acabou amenizado pela arbitragem. Segundos depois, no entanto, Deyverson se estranhou novamente com os corintianos e foi acusado de cuspir em Richard. Luiz Flávio, próximo do lance, mostrou o vermelho direto para o centroavante palmeirense.

"Eu estava de costas, mas aí vi alguns dos meus companheiros gritando que cuspiu. Aí o Luiz Flávio disse que viu e tratou de expulsar. Foi o que vi", comentou o lateral Fágner, também ao Premiere.

PVC comenta triunfo do Corinthians no Dérbi: "Mereceu a vitória"

UOL Esporte