Topo

Futebol


Santos já vê Gabigol fora em 2019 e crê em promessa pra não vê-lo em rivais

Gabigol prometeu aos dirigentes santistas que não atuará em outro clube no Brasil - Ale Cabral/AGIF
Gabigol prometeu aos dirigentes santistas que não atuará em outro clube no Brasil Imagem: Ale Cabral/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

14/11/2018 04h00

O Santos está totalmente pessimista em relação à permanência do atacante Gabriel Barbosa para a próxima temporada e já até se conformou em ver o camisa 10 longe da Vila Belmiro em 2019. O artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 16 gols, está emprestado até o fim deste ano pela Inter de Milão, da Itália, que não pretende renovar o empréstimo ao clube paulista.

Segundo apurou o UOL Esporte, o que serve de consolo ao Santos é que o camisa 10 já avisou internamente na Vila que não defenderá outro clube do futebol brasileiro em 2019. Os dirigentes santistas estavam preocupados em perder o seu "prata da casa" para algum rival.

Além disso, a reportagem apurou que, inicialmente, os italianos não pretendem emprestar Gabigol novamente. Eles querem testar o jogador, já que ficaram impressionados com seu desempenho com a camisa santista.

Gabigol é responsável por 40% dos gols do Santos no Campeonato Brasileiro. O atacante marcou 16 dos 40 gols da equipe em 33 rodadas. Se contabilizar somente a era Cuca, os números são ainda melhores. Desde a chegada do treinador, alvinegro marcou 26 vezes (somando Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro), sendo 12 de Gabriel, responsável por 46,1% dos gols. Na Vila Belmiro, existem profissionais que reconhecem que o time é dependente do jogador em campo.

A Inter só aceita negociar Gabigol por 20 milhões de euros (cerca de R$ 85 milhões), valor fora da realidade do Santos. Vale lembrar que o clube italiano desembolsou quase 30 milhões de euros (R$ 128 milhões) para tirá-lo do alvinegro praiano em 2016.

Para contratar Gabigol por empréstimo nesta temporada, o Santos pagou 1,7 milhão de euros (R$ 6,6 milhões – cotação da época) por um ano de contrato. Dividido em 12 meses, o valor é o equivalente a 141 mil euros (R$ 554 mil – cotação da época) por mês. Além disso, o clube paulista paga mais R$ 50 mil em CLT (Consolidações das Leis Trabalhistas) ao jogador.

Desta forma, Gabigol custou ao Santos cerca de R$ 600 mil mensais nesta temporada. O restante do ordenado do atacante na Itália foi pago pela Inter de Milão. Gabriel Barbosa ganha pouco mais de R$ 1 milhão mensal em seu contrato com o clube italiano.

Em contato com o UOL Esporte, a assessoria de imprensa de Gabigol alega desconhecer o assunto sobre o futuro do artilheiro do Brasileirão.

Mais Futebol