Ganso trabalha para voltar ao Brasil, mas clubes agem com cautela

Bruno Grossi e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • FRANCOIS LO PRESTI / AFP

    Paulo Henrique Ganso mira voltar ao Brasil neste início de 2019

    Paulo Henrique Ganso mira voltar ao Brasil neste início de 2019

Paulo Henrique Ganso tem o desejo de voltar ao Brasil. Diante da expectativa frustrada com a camisa do Amiens-FRA, o meia já trabalha para retornar ao seu país nesta janela de transferências de janeiro. Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, a conversa com o clube francês pela liberação começou há pouco mais de uma semana e está avançada.

Leia mais

A ideia de retornar surgiu depois da derrota por 2 a 0 para o Monaco, no último dia 4. Além da falta de espaço no time francês, Ganso recebeu contatos preliminares para interromper a carreira europeia já nesta janela.

O atleta e seu estafe já demonstraram este desejo ao Amiens, que sequer relacionou o meia para o jogo do último fim de semana contra o Strasbourg, pelo Campeonato Francês. O perfil do clube no Twitter chegou a dizer que a ausência foi provocada por um problema médico.

A princípio, o Amiens, que teria a opção de compra ao fim da temporada europeia, ainda estuda a liberação do jogador e deve responder ao interesse brasileiro por Ganso nos próximos dias. São 13 jogos e nenhum gol com a camisa da equipe francesa, que ocupa a 17ª posição na tabela da Ligue 1.

Caso obtenha a liberação, cenário mais provável até o momento, o passo seguinte é negociar com o Sevilla, detentor dos direitos econômicos e que não tem interesse em manter o jogador para a segunda metade da temporada.

Fla e São Paulo na mira

De acordo com apuração da reportagem, o Flamengo tem o nome do meia revelado pelo Santos na mesa da nova diretoria. Principal favorito a assumir o posto de treinador do clube, Abel Braga foi quem levantou a ideia de ter Ganso já no início de 2019. Os valores ainda não foram discutidos, mas o novo técnico já deixou claro para a cúpula de Landim que gostaria de contar com o camisa 10 e escutou que o clube tentará sua contratação.

Mesmo vendo com bons olhos o desejo do Flamengo, o jogador, por outro lado, já citou que gostaria de voltar ao São Paulo e mantém o desejo nesta nova empreitada. A diretoria, no entanto, não tinha em conta o nome de Paulo Henrique Ganso como um alvo para a próxima temporada. A ideia inicial para 2019 é investir em reforços com um perfil distinto ao do meia.

Mesmo sem agir neste momento, o São Paulo carrega um passado recente atrelado a Ganso. Desde quando desabrochou com Neymar no Santos, o meia viveu a sua melhor fase com a camisa são-paulina.

Esta relação coloca a equipe como uma alternativa sempre a ser considerada pelo meia de 29 anos, que esteve no CT da Barra Funda no mês de julho e é muito querido pela torcida.

O time ainda é uma incógnita, mas o retorno de Ganso ao Brasil não deve ficar apenas no campo especulativo. A ideia do estafe do atleta é resolver a situação até o final deste ano.

UOL Cursos Online

Todos os cursos