Topo

Brasileirão - 2019


Com time reserva, Palmeiras faz golaço, mas cede empate ao CSA em Maceió

Do UOL, em São Paulo

2019-05-01T17:52:28

01/05/2019 17h52

O Palmeiras saiu na frente com um golaço de Raphael Veiga, mas cedeu o empate no segundo tempo e ficou no 1 a 1 com o CSA, hoje, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pelo Campeonato Brasileiro. Matheus Sávio fez o gol da equipe da casa, aproveitando bate-rebate na área em lance de escanteio.

O resultado leva o Palmeiras para quatro pontos, depois da estreia com goleada por 4 a 0 sobre o Fortaleza. Já o CSA soma seu primeiro ponto no Brasileirão, após ter começado a competição levando também 4 a 0 do Ceará.

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado (4), recebendo o Internacional no Allianz Parque, às 19h. O CSA, por sua vez, joga no domingo (5), diante do Santos, novamente em casa, às 16h.

O melhor: Hyoran

Jogando pela ponta esquerda, o camisa 28 do Palmeiras foi responsável pelas jogadas mais perigosas do time enquanto esteve em campo. Deu a assistência para o belo gol de Raphael Veiga e ainda teve oportunidades de marcar, mas parou em boas defesas do goleiro Jordi.

O pior: Carlos Eduardo

De volta aos gramados após se recuperar de lesão, o atacante não entrou bem. Perdeu uma chance de gol cara a cara com Jordi e desperdiçou várias jogadas ao tentar o lance individual pela ponta.

Palmeiras abre o placar com golaço

Com muita movimentação do trio de meias Hyoran, Raphael Veiga e Lucas Lima, o Palmeiras chegou ao primeiro gol logo aos 9 minutos. Hyoran recebeu de Veiga, arrancou com liberdade pela esquerda e cruzou na medida para o próprio Veiga, que emendou um lindo voleio de primeira para balançar as redes.

Hyoran tenta e para no goleiro

Um dos jogadores mais acionados pelo Palmeiras, Hyoran criou bastante partindo da ponta esquerda. Aos 20 minutos, ele recebeu bom passe de Moisés, limpou para o pé direito e bateu colocado, mas parou em ótima defesa de Jordi, que se esticou todo para espalmar para escanteio.

CSA acerta a trave em batida de falta

O CSA assustou pouco o Palmeiras no primeiro tempo, mas quase balançou a rede de Jailson aos 26 minutos. Matheus Sávio, que havia acabado de entrar em campo no lugar de Maidana, cobrou falta com categoria, por fora da barreira, e carimbou a trave. Foi a melhor oportunidade da equipe alagoana, que foi controlada pelos paulistas na primeira etapa.

Palmeiras baixa o ritmo, e CSA empata

O Palmeiras voltou para o segundo tempo ligado, mas aos poucos foi deixando o ritmo cair. O CSA cresceu no ataque, passou a incomodar a defesa alviverde e chegou ao empate aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio, Luciano Castán cabeceou em cima de Deyverson; a bola sobrou para Matheus Sávio, que finalizou no canto de Jailson para deixar tudo igual.

Carlos Eduardo perde gol na frente de Jordi

Felipão lançou Carlos Eduardo no lugar de Raphael Veiga no segundo tempo, e o atacante perdeu uma grande chance minutos depois de entrar. Após Apodi afastar mal, a bola sobrou para Carlos Eduardo frente a frente com o goleiro, mas ele pegou mal na bola e finalizou para fora.

Matheus Fernandes estreia no Palmeiras

Único reforço para 2019 que ainda não havia estreado na temporada, o volante Matheus Fernandes enfim fez seu primeiro jogo pelo Palmeiras. Ele entrou no segundo tempo na vaga de Moisés.

Marta e Felipão são homenageados

Antes de a bola rolar, algumas homenagens aconteceram no estádio Rei Pelé. Alagoana e torcedora do CSA, a atacante Marta subiu ao gramado e foi bastante festejada pelos torcedores. Já o técnico Felipão, que encerrou a carreira de jogador e iniciou a de treinador no time de Maceió, onde foi campeão alagoano, recebeu uma placa e também foi aplaudido.

FICHA TÉCNICA
CSA 1 x 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (Alagoas)
Data: 1º de maio de 2019 (quarta-feira)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Gols: Raphael Veiga, aos 9 minutos do primeiro tempo; Matheus Sávio, aos 17 minutos do segundo tempo

CSA: Jordi; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Armero; Naldo (Leandro Souza), Bruno Ramires (Dawhan) e Didira; Maidana (Matheus Sávio), Madson e Cassiano. Técnico: Marcelo Cabo

Palmeiras: Jailson; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Thiago Santos, Moisés (Matheus Fernandes) e Lucas Lima; Hyoran (Felipe Pires), Raphael Veiga (Carlos Eduardo) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari