10+ dos Estaduais: Briga interna no Palmeiras e guerra carioca no Twitter

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

    Rodrigo Caio durante o clássico; fair play do zagueiro com Jô chamou a atenção

    Rodrigo Caio durante o clássico; fair play do zagueiro com Jô chamou a atenção

Com os Estaduais já na reta final, os confrontos do feriado de Páscoa foram mais quentes que a média. Decisão de título de turno, clássicos decisivos e nervos à flor da pele em todo o fim de semana. Rodrigo Caio e seu fair play, a briga entre o preparador físico e o reserva do Palmeiras e o fim do Campeonato Paranaense para a Globo foram os destaques da rodada.

Veja, na lista abaixo, as dez principais histórias dos Estaduais:

1 - Reserva x Preparador físico

Reprodução/TV Globo

Não bastasse estar perdendo de forma surpreendente para a Ponte Preta, o Palmeiras viveu outro momento lamentável em Campinas. No meio do primeiro tempo, Zé Roberto simulou ter sofrido uma agressão de Fernando Bob e caiu no chão, irritando os reservas alviverde. Thiago Santos empurrou William Pottker e Bob acertou Willian. Omar feitosa, preparador físico do Palmeiras, tentou conter o zagueiro, mas deu tudo errado. Os dois bateram boca e o membro da comissão técnica chegou a empurrar o jogador para impedir que ele fosse até o gramado seguir na briga.

2 - Fair play de Rodrigo Caio

O zagueiro são-paulino deu exemplo no clássico contra o Corinthians, o primeiro do duelo semifinal do Paulista. Em uma disputa de Rodrigo com Jô, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira entendeu que o corintiano havia acertado Renan Ribeiro e mostrou o amarelo ao atacante, que estava pendurado. Um "gentleman", como definiu Rogério Ceni, Rodrigo Caio avisou o árbitro que foi ele, e não o rival, que acertou o goleiro, o que fez o apitador voltar atrás na advertência.

3 - Guerra carioca no Twitter

O Vasco sofreu um pouco, mas bateu o Botafogo na final da Taça Rio, que pouco valia em termos práticos. Ainda assim, o clube cruzmaltino foi ao Twitter comemorar, brincando que soma três vitórias consecutivas em finais contra o Botafogo e, por isso, queria pedir música no Fantástico. O rival rebateu: "Justo! O Fantástico está devendo! Não tinha brecha no regulamento para os três rebaixamentos".

4 - Diego Souza imita leão e Sport vira

Williams Aguiar/Sport

Maior nome do Sport hoje, Diego Souza voltou a marcar e imitar o leão, mascote do time da Ilha do Retiro. No clássico válido pela semifinal do Campeonato Pernambucano, ele empatou o jogo quando estava 1 a 0 para o Náutico e fez graça com a torcida. Os alvirrubros fizeram 2 a 1 e Juninho, duas vezes, já nos acréscimos, deu a virada para os rubro-negros, que saem na frente no duelo que será definido no próximo fim de semana.

5 - Paranaense sem Globo

A disputa de Coritiba e Atlético-PR pelos direitos de TV do Estadual criou uma situação inusitada neste fim de semana. Como os dois times não têm contrato com a Globo, o Paranaense está fora da TV já a partir da semifinal, que começou neste fim de semana. No lugar dos duelos entre Atlético-PR e Londrina e Cianorte e Coritiba, a emissora transmitiu Ponte Preta x Palmeiras.

6 - Felipe Melo boquirroto de novo

O Palmeiras decepcionou, mas o volante não. Mais uma vez, as entrevistas de Felipe Melo foram destaque do clube alviverde, que desta vez levou 3 a 0 da Ponte Preta e se complicou na semifinal do Paulista. No intervalo, com o placar já definido, o jogador deu bronca e disse que o time campineiro "comeu o Palmeiras". No fim, falou que todos precisavam de uma "varada na bunda" pelo desempenho no Moisés Lucarelli.

7 - Confusão com médico rival

O Inter venceu o Caxias por 1 a 0, mas nem a vantagem na semifinal do Campeonato Gaúcho deu tranquilidade a Antonio Carlos Zago e D'Alessandro, que se estranharam com um médico do time rival. O meia disse ter sido ofendido pelo profissional e iniciou um empurra-empurra em campo. Já do lado de fora, o treinador deu um leve chute no médico quando a confusão chegou à beira do gramado.

8 - Jô, rei dos clássicos

O que começou como uma piada vai virando uma característica de Jô. Depois de ter marcado contra Palmeiras, Santos e São Paulo nos clássicos da primeira fase do Paulista, o centroavante voltou às redes contra o São Paulo, no jogo de ida da semifinal do Estadual. De canela, meio sem jeito, ele abriu o placar no Morumbi e encaminhou a vantagem do Corinthians, que venceria por 2 a 0.

9 - Roger "burro". Já?

Marcelo Ruiz/Jam Media/AP

O ano mal começou e a torcida do Atlético-MG já está impaciente com Roger Machado. O treinador foi chamado de "burro" pela torcida no frustrante empate por 1 a 1 com a URT, no jogo de ida da semifinal do Mineiro. Incomodada com duas derrotas para o Cruzeiro e uma campanha pouco inspirada até aqui na Libertadores, os fãs apontaram a culpa para o banco de reservas.

10 - Chape é campeã!

TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Pouco mais de quatro meses depois da tragédia que vitimou 71 pessoas em Medellín, a Chapecoense voltou a brilhar em campo com a conquista da taça Sandro Pallaoro, o segundo turno do Campeonato Catarinense. O time comandado por Vagner Mancini venceu o Joinville por 2 a 0 e levou a disputa com uma rodada de antecedência, conquistando a vaga na grande final do Estadual.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos