Topo

Futebol


Jornal inglês deixa Neymar fora de top 10 de melhores do ano

REUTERS/Marko Djurica
Em 49 partidas com a camisa do PSG, Neymar marcou 44 gols Imagem: REUTERS/Marko Djurica

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-12-20T16:48:03

20/12/2018 16h48

O atacante Neymar ficou de fora da lista dos Top 10 de melhores jogadores em 2018, realizado pelo jornal inglês 'The Guardian', que foi divulgada ao longo desta semana. O craque da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain ficou na 11ª colocação.

"Ele tem uma tendência a exagerar a dor que sente depois de falhar em um lance, talvez isso explique por que ele caiu oito posições desde a pesquisa do ano passado", justifica a publicação pela má colocação do brasileiro. 

Vale lembrar que em 2018, Neymar ficou de fora do time ideal eleito pela FIFPro (associação de jogadores profissionais) e ocupou a 12ª segunda colocação no prêmio da Bola de Ouro, da revista France Football. 

Além de Neymar, mais nove brasileiros estão na lista: Marcelo, lateral-esquerdo do Real Madrid (18º); Roberto Firmino, atacante do Liverpool (23º); Casemiro, meio-campo do Real Madrid (42º); Alisson, goleiro do Liverpool (43º); Éderson, goleiro do Manchester City (59º); Fernandinho, meio-campo do Manchester City (63º), Thiago Silva, zagueiro do PSG (74º) e Gabriel Jesus, atacante do Manchester City (81º). 

Dentre eles, o que mais ganhou destaque do jornal inglês foi Roberto Firmino, na 24ª colocação. Em 2017, o atacante ficou de fora do Top 100, ocupando a 104ª posição.

"O jogador brasileiro é essencial para o Liverpool funcionar dá melhor maneira possível. Quando ele está em grande forma, como ocorreu nesta temporada, a equipe também joga bem", diz a publicação. 

Último colocado entre os brasileiros, Gabriel Jesus esteve na 39ª colocação no ano passado. Caiu 42 posições, o jornal classificou a temporada do jovem atacante como 'decepcionante', por tudo que apresentou nos últimos dois anos atuando pelo Palmeiras e Manchester City. 

"Uma queda de 42 lugares, em comparação a 2017, mostra como foi decepcionante o ano de Jesus. O atacante marcou 13 gols na temporada passada, mas tem poucos gols nesta campanha e ficou sem nenhum gol na Copa do Mundo", afirma.

O Top 10 do "The Guardian" será divulgado na próxima sexta-feira (21). 
 

Mais Futebol