Topo

Santos

Santos aproveita má fase dos oponentes para ganhar moral antes do clássico

Olga Bagatini

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-05-13T04:00:00

13/05/2019 04h00

A semana será particularmente importante para o Santos. No próximo sábado (18), o time comandado por Jorge Sampaoli enfrentará o Palmeiras no Pacaembu em duelo que pode valer a liderança do Campeonato Brasileiro. Antes, na quarta-feira, o time abrirá as oitavas de final da Copa do Brasil contra o Atlético-MG no Independência. Diante da sequência decisiva, nada como um punhado de vitórias para elevar o moral do grupo, mesmo que diante de adversários que vivem momento ruim no torneio.

Vice-líder, o Santos está invicto no Brasileiro, com três vitórias e um empate, mas até agora só enfrentou equipes que não estão tão bem na tabela: superou o Grêmio - que embora figure nas oitavas de final da Libertadores, tem apenas 16% de aproveitamento no torneio nacional e amarga a 18ª posição, com duas derrotas e dois empates.

Na sequência, o time da Baixada Santista venceu o Fluminense, apenas 15º colocado, com uma vitória e três derrotas. Na terceira rodada, o clube foi ao estádio Rei Pelé e empatou em 0 a 0 com o CSA, 17º colocado com uma derrota e três empates.

Ontem, no Pacaembu, venceu sem dificuldades o lanterna Vasco, que soma apenas um ponto na competição e acaba de trocar de técnico após a eliminação para o próprio Santos na Copa do Brasil.

Os próximos confrontos do Santos prometem ser mais difíceis do que os recentes, principalmente o clássico de sábado, já que o Palmeiras, líder e atual campeão, está há 27 jogos sem perder na Série A. O "tabu" não deve ser fácil de quebrar, já que o time não perde na competição desde a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari, no meio do ano passado.

Porém, como lembrou o goleiro Vanderlei, "o time do Santos está jogando bem, em ótimo momento, e as vitórias geram confiança, que é algo muito importante para um jogador de futebol". Sampaoli também exaltou o "bom momento futebolístico" e lembrou que, antes do Palmeiras, o time precisa primeiro passar pelo Galo.