UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/lutas/vale-tudo/ultimas-noticias/2011/12/11/jones-apaga-lyoto-no-segundo-assalto-e-quebra-maldicao-no-ufc.htm
  • Jones apaga Lyoto, vence no segundo assalto e quebra "maldição" no UFC
  • 21/01/2019
  • UOL Esporte - Lutas
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra

UFC 140

Tudo sobre a disputa entre o campeão Jon Jones e Lyoto Machida

AP
Jones é o primeiro a defender duas vezes o cinturão dos meio-pesados em 4 anos

Jones é o primeiro a defender duas vezes o cinturão dos meio-pesados em 4 anos

11/12/2011 - 02h11

Jones apaga Lyoto, vence no segundo assalto e quebra "maldição" no UFC

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Não é à toa que Jon Jones foi escolhido o lutador do ano. Neste sábado, pelo UFC 140, em Toronto, o norte-americano provou seu desafio mais complicado e conseguiu sair vitorioso. Diante do ex-campeão Lyoto Machida, Jones conseguiu uma finalização ousada no segundo assalto, em sua segunda defesa consecutiva de cinturão e, com isso, encerrou uma “maldição” dos pesos meio-pesados.

UFC 140: Jones bate Lyoto, e Minotouro salva noite
Veja Álbum de fotos

O brasileiro começou o combate muito bem e provou ser um desafiante à altura de Jones, colocando o atual campeão em perigo. Lyoto venceu o primeiro round, mas uma queda no segundo giro iniciou a reação de Jones, até a finalização.

Jones conseguiu dominar Lyoto a partir de um double-leg que derrubou o brasileiro no meio do segundo assalto. O campeão então castigou com cotoveladas e abriu um corte profundo na testa de Lyoto, obrigando a uma paralisação médica. No retorno, ele encaixou um bom golpe que balançou o brasileiro, colocou o rival na grade e encaixou uma rara guilhotina em pé. Lyoto "apagou", sem tempo para bater.

“Não é um movimento que pratico, mas é algo que veio naturalmente do wrestling. Estou feliz de tê-lo no repertório para usá-lo nesta vitória. Provei que posso aguentar os golpes”, disse Jones, mostrando respeito quanto ao ex-campeão, do Brasil.

Enfim, após quatro anos, o cinturão dos meio-pesados resiste a duas defesas com um mesmo lutador, uma maldição que havia se instaurado na categoria. Desde Chuck Liddell, que venceu quatro vezes como campeão, seis lutadores foram campeões da categoria: Quinton Rampage Jackson, Forrest Griffin, Rashad Evans, Machida, Maurício Shogun e Jones. Apenas este último, com este resultado, defendeu o posto de melhor no peso por duas vezes seguidas.

Lyoto Machida vinha de apenas uma vitória nas últimas três lutas. Com uma ascensão vista com empolgação no Ultimate, ele conquistou o cinturão pela primeira vez no UFC 98, ao nocautear Rashad Evans. Na primeira defesa, venceu Maurício Shogun em resultado polêmico e na revanche com o compatriota deixou o trono dos meio-pesados.

Após outro resultado duvidoso - uma derrota para Quinton Rampage Jackson - ele venceu seu último combate antes deste desafio contra Jones, ao nocautear Randy Couture com um chute cinematográfico, à la “Karatê Kid”. Lyoto teve sorte ao lado do talento para chegar a esta luta de título. Ele contou com uma lesão de Rashad Evans, o rival original de Jones, e foi escalado em outubro para desafiar o campeão.

Jones, por outro lado, cresceu de forma ainda mais impressionante no UFC. Após estrear no MMA em 2008 chegou no mesmo ano ao evento. Com vitória após vitória - e apenas um revés por desqualificação, devido a um golpe ilegal - ele também contou com uma lesão de Evans e foi colocado frente a frente com o então campeão Maurício Shogun. Pelo UFC 128, arrasou o brasileiro. Em seguida defendeu pela primeira vez o cinturão com sucesso ao finalizar Rampage.

Confira os resultados do UFC 140:
Meio-pesados: Jon Jones (EUA) vence Lyoto Machida (BRA), por finalização no 2º round
Pesados: Frank Mir (EUA) vence Rodrigo Minotauro (BRA), por finalização no 1º round
Meio-pesados: Rogério Minotouro (BRA) vence Tito Ortiz (EUA), por nocaute no 1º round
Meio-médios: Brian Ebersole (EUA) vence Claude Patrick (CAN), por pontos
Penas: Chang Sung Jung (CDS) vence Mark Hominick (EUA), por nocaute no 1º round
Meio-pesados: Igor Pokrajac (CRO) vence Krzysztof Soszynski (POL), por nocaute no 1º round
Médios: Constantinos Philippou (CHP) vence Jared Hamman (EUA), por nocaute no 1º round
Leves: Dennis Hallman (EUA) vence John Makdessi (CAN), por finalização no 1º round
Galos: Yves Jabouin (CAN) vence Walel Watson (EUA), por pontos
Leves: Mark Bocek (CAN) vence Nik Lentz (EUA), por pontos
Meio-médios: Jake Hecht (EUA) vence Rich Attonito (EUA), por nocaute no 2º assalto
Leves: John Cholish (EUA) vence Mitch Clarke (CAN), por nocaute no 2º round
 

 

Placar UOL no iPhone