UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/10/12/governo-espera-600-mil-turistas-estrangeiros-na-copa-e-1-milhao-de-brasileiros-viajando-pelo-pais.htm
  • Governo espera 600 mil turistas estrangeiros na Copa e 1 milhão de brasileiros viajando pelo país
  • 22/04/2018
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Infraestrutura aeroportuária é um dos itens que mais preocupa o país para a Copa

Infraestrutura aeroportuária é um dos itens que mais preocupa o país para a Copa

12/10/2011 - 12h24

Governo espera 600 mil turistas estrangeiros na Copa e 1 milhão de brasileiros viajando pelo país

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O governo federal espera que o país receba 600 mil turistas estrangeiros visitando o Brasil durante a Copa do Mundo de 2014. Além deles, segundo o  Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, 1,1 milhão de brasileiros viajarão pelo país ao longo do torneio. No total, a Copa do Mundo será responsável por 5,9 milhões de viagens, acredita o ministério.


A comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados vai realizar audiência pública para avaliar as ações referentes à recepção de estrangeiros durante a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. A reunião, em data a ser agendada, foi solicitada pela deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF). Serão convidados representantes do ministério do Turismo e da Infraero, empresa estatal brasileira que controla os aeroportos.

O governo estima ainda que, por contas das Olimpíadas, o número de turistas estrangeiros no Brasil seja de 10% a 15% superior ao que será registrado em 2015. Segundo site informativo da indústria turística brasileira, o evento no Rio de Janeiro deve atrair 400 mil turistas só no período de realização dos jogos.

Os aeroportos brasileiros podem ser considerados o calcanhar de Aquiles na preparação do país para os eventos esportivos internacionais que irá sediar. A situação dos terminais é considerada crítica em todas as cidades-sede da Copa do Mundo de 2014.

Além disso, todas elas apresentam problemas de mobilidade urbana, com obras bastante atrasadas, de acordo com a Subcomissão Parlamentar Temporária Copa 2014, Olimpíada e Paraolimpíada 2016.

De acordo com o balanço das ações do Brasil para a Copa divulgado pelo Ministério do Esporte no dia 14 de setembro, cinco dos 13 aeroportos das cidades-sedes para o Mundial ainda não haviam iniciado as obras. Belo Horizonte, Fortaleza, Manaus, Recife e Salvador são as cidades que ainda não haviam tirado do papel as obras nos aeroportos.

 

Obras para a Copa de 2014
Obras para a Copa de 2014

Placar UOL no iPhone