UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/lutas/vale-tudo/ultimas-noticias/2011/11/21/shogun-pede-revanche-e-amplia-lista-de-lutas-polemicas-dos-meio-pesados.htm
  • Shogun pede revanche e amplia lista de lutas polêmicas dos meio-pesados
  • 20/04/2014
  • UOL Esporte - Lutas
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte @UOL
  • 2
Tamanho da letra
Maurício Shogun tenta chute contra Dan Henderson durante derrota no UFC 139

Maurício Shogun tenta chute contra Dan Henderson durante derrota no UFC 139

21/11/2011 - 06h00

Shogun pede revanche e amplia lista de lutas polêmicas dos meio-pesados

Do UOL Esporte
Em São Paulo

A luta entre Dan Henderson e Maurício Shogun no UFC 139 chegou a ser comparada com o terceiro combate entre Muhammad Ali e Joe Frazier pelo presidente Dana White. Ninguém discutiu a qualidade do espetáculo, mas o resultado a favor do norte-americano criou polêmica. O brasileiro evitou contestar a decisão, mas pediu revanche.

LUTAS POLÊMICAS DOS MEIO-PESADOS

UFC 139
Dan Henderson vence Maurício Shogun por decisão unânime
(48-47, 48-47, 48-47)
UFC 123
Quinton Jackson vence Lyoto Machida por decisão dividida
(29-28, 29-28, 28-29)
UFC 104
Lyoto Machida vence Maurício Shogun por decisão unânime
(48–47, 48–47, 48–47)

“Certamente foi uma grande luta. Não sei como os juízes fizeram a contagem do último round, poderia ou deveria ter sido 10 a 8 para mim. Mas isso não tira nada do Dan Henderson. Ele é uma lenda e é daqueles lutadores que criaram um legado. Mas eu quero revanche, acho que seria outra grande batalha e o público quer ver”, disse Shogun após a derrota.

Henderson, por sua vez, afirmou não ter dúvidas sobre a sua vitória por decisão unânime dos juízes: “Venci quatro rounds”, disse ele. Mas o próprio Dana White admitiu que teria dado empate.

O campeão da categoria meio-pesado, Jon Jones, narrou a luta em seu Twitter e deu vitória a Shogun em três rounds. O polêmico Chael Sonnen deixou a rixa com o Brasil de lado e também disse ter visto vitória do brasileiro.

Assim, cria-se mais uma polêmica na categoria meio-pesado. Em outubro de 2009, o mesmo Shogun perdeu por pontos para o então campeão Lyoto Machida, em uma decisão que foi tão contestada que levou a uma reedição do combate. Na revanche, Shogun levou a melhor e ganhou o cinturão.

Mais recentemente, em novembro de 2010, foi Machida quem perdeu uma luta polêmica. Quinton “Rampage” Jackson foi declarado vencedor por decisão dividida, mas nem ele parecia acreditar na própria vitória. Mas, desta vez, Dana White descartou qualquer tipo de revanche.

O próximo grande combate da categoria meio-pesado será no UFC 140, no dia 10 de dezembro, no Canadá. Jon Jones defenderá o cinturão pela segunda vez, contra Lyoto Machida. O brasileiro tem seis nocautes em 17 vitórias, e precisará de mais um para evitar nova polêmica com os juízes. 

Placar UOL no iPhone