Clube da Rússia oferece R$ 25,2 milhões ao Grêmio por Giuliano

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Giuliano é alvo do Zenit, da Rússia, e pode deixar o Grêmio vendido por R$ 25,2 milhões

    Giuliano é alvo do Zenit, da Rússia, e pode deixar o Grêmio vendido por R$ 25,2 milhões

O Grêmio pode vender Giuliano. O meia é alvo do Zenit, da Rússia, e uma sondagem através de um empresário foi feita ao presidente Romildo Bolzan Júnior na última segunda-feira. Os russos estão dispostos a pagar 7 milhões de euros pelo jogador (R$ 25,2 milhões) pelo meia, cujos direitos econômicos são 100% do clube gaúcho. 

"Não foi uma proposta oficial, apenas uma sondagem como temos por vários jogadores. Não tenho nem ideia se isso vai se tornar uma proposta oficial. Mas vamos aguardar", disse o presidente gremista ao UOL Esporte. 

Na última semana o Zenit já havia feito uma consulta sobre o atleta, mas não tinha detalhado o que pretende pagar. A venda será analisada apenas a partir de um documento formal do clube, que ainda não foi enviado. 

A oferta partiu de um empresário representando o clube. Giuliano teve passagem pelo futebol da Ucrânia, no Dnipro, onde ganhou a admiração de um treinador rival, Mircea Lucescu, que comandava o Shaktar. Agora no Zenit, o romeno quer apostar tudo na investida. 

Titular do time tricolor, Giuliano é considerado valioso pelo poder de marcação e controle de bola. Equilibra o meio-campo de Roger Machado, que tem no lado oposto um jogador muito ofensivo: Everton. De qualquer forma, o Grêmio trata todo elenco como 'negociável' e não descarta a saída. 

Com 26 anos, Giuliano chegou ao Grêmio em 2014 e sofreu no primeiro ano com repetidas lesões. Acabou passando por uma cirurgia no púbis em 2015 e só então tornou-se protagonista no time. Seu vínculo com o Tricolor vai até julho de 2018. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos