Maicon diz ter superado expulsão na Libertadores e comemora reforços

Do UOL, em São Paulo

  • Robson Ventura-2.abr.2016/Folhapress

Maicon quer esquecer a expulsão sofrida na primeira partida das semis contra o Atlético Nacional, quando derrubou o atacante Borja, no 2º tempo. Sua ausência em campo desde então foi determinante para o avanço do time colombiano à final do torneio.

Tratando a Libertadores como passado, o zagueiro tricolor comentou o processo de remontagem do time, mas considerou positiva a chegada de reforços.

Sobre o cartão vermelho recebido no Morumbi, Maicon disse:

"O que passou, passou. A expulsão já passei uma borracha, ficou para trás. Me contrataram com um contrato de quatro anos, então a expectativa, principalmente para o Brasileiro, é a melhor possível", disse Maicon, em entrevista coletiva nesta quarta, no CT da Barra Funda.

Para o restante do Brasileirão, o São Paulo terá novidades no elenco. O atacante Andrés Chávez, o lateral-direito Buffarini e o meia-direita Leonardo Natel foram contratados no último dia de transferência internacional.

O trio se junta a Cueva, recém contratado pelo clube paulista.

"O Cueva chegou há pouco tempo, mas é como se estivesse há bastante. Tem que trazer jogadores com a mentalidade de vencedor. Buffarini espero que chegue com a mesma mentalidade, Chávez também. A gente tem de ter um alvo e correr em busca do alvo. Esses jogadores têm bastante ambição".

"Ninguém esperava que eu poderia dar certo. E as coisas correram bem. O Calleri também. Espero que eles façam o papel bem feito. Assim como eu fiz", acrescentou Maicon. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos