Grêmio freia busca por meia e aposta em 'solução caseira' com volta de Erik

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Erik (e) foi lançado no Grêmio por Felipão em 2014, estava no clube desde 2011

    Erik (e) foi lançado no Grêmio por Felipão em 2014, estava no clube desde 2011

Erik está de volta ao Grêmio. O meia-atacante de 21 anos estava emprestado à Luverdense-MT desde maio, fez o Gauchão pelo Lajeadense, e agora terá nova chance no Tricolor. Tudo porque o clube não encontrou alternativas no mercado e resolveu apostar na 'solução caseira' como alternativa de elenco. 

O clube considera o jogador com potencial de evolução e alternativa imediata ao elenco principal. Ele já treinará na tarde desta terça-feira (16) com os demais companheiros e poderá ser utilizado por Roger Machado no jogo do final de semana, contra o Flamengo. 

A análise gremista apontou que não há alternativas no mercado com a mesma qualidade do menino, lançado por Luiz Felipe Scolari em 2014. Ao ver que gastaria por um jogador de igual qualidade, ou inferior, o Tricolor preferiu chamar de volta um atleta que é seu e estava emprestado. 

Eram três as opções do Grêmio no mercado da bola. Nenhuma deu certo. Primeiro foi tentado Gabriel, do Flamengo. Mas ao realizar o sétimo jogo pelo rubro-negro, ele se tornou inviável. Em seguida, Allione, do Palmeiras, mas o clube se negou a liberá-lo por empréstimo. E depois Marlone, do Corinthians, que da mesma forma não se acertou. Sem eles, não houve nova investida. 

Pela Luverdense foram 13 jogos na Série B e nenhum gol marcado. No primeiro semestre ele disputou 14 partidas pelo Lajeadense e marcou quatro gols. Antes, havia sido emprestado ao Veranópolis e ao Juventude em 2015, após o mesmo Felipão que o lançou liberá-lo para deixar o clube. Seu vínculo com o Grêmio foi renovado neste ano e se estende até 31 de dezembro de 2017. 

Além das frequentes convocações de Luan e da saída de Giuliano, a função de meia-atacante precisava de reforço porque Negueba, que está lesionado, não pode atuar na Copa do Brasil, pois já defendeu o Coritiba. Erik será alternativa para Pedro Rocha, Everton, Guilherme, Miller Bolaños e Lincoln. 

O veloz meia-atacante também tem por característica uma forte conclusão de média distância e boa cobrança de falta. Em 2014 disputou três jogos pelo principal do Grêmio, todos no Brasileirão. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos