Bayern perde e vê vantagem cair; rival tem jogador desacordado

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Borussia

Depois de cinco vitórias seguidas no Campeonato Alemão, o Bayern foi surpreendido pelo Borussia Mönchengladbach no Campeonato Alemão. O time de Munique foi derrotado por 2 a 1, fora de casa, e perdeu vantagem na liderança - agora tem apenas três pontos a mais que o vice, RB Leipzig. A partida teve uma cena preocupante logo no início, quando um jogador do Borussia, Kramer, levou uma pancada forte na cabeça, chegou a ficar desacordado e saiu de maca. Mas ele ficou bem e comemorou no estádio a vitória que levou o Borussia para a quarta posição.

A atuação do Bayern de Munique no 1º tempo foi terrível. Quando teve mais posse de bola, o time não foi perigoso no ataque. E pouco antes do intervalo, acabou sofrendo dois gols. Primeiro Süle cometeu pênalti, que foi cobrado com sucesso por Hazard. Logo depois Ginter aproveitou passe de Drmic e tocou para o gol.

No 2º tempo o Bayern até melhorou e passou a criar chances de gol mais incisivas. O goleiro Sommer se destacou, conseguiu evitar algumas chances de gol, mas falhou após chute de Vidal, aos 33min, que resultou em gol. Mas a reação do Bayern acabou aí e, apesar da pressão até o final, o time da casa assegurou a vitória.

Susto repetido

Dois jogadores do Borussia se chocaram no começo do jogo. Foi pior para Kramer, que teve que ser substituído e levado para o hospital. Ele fez exames, nada foi detectado e até houve tempo para ele voltar ao estádio nos últimos minutos da partida e comemorar a vitória.

Kramer é o mesmo jogador que sofreu uma concussão na final da Copa do Mundo de 2014, após choque com Garay. Posteriormente ele revelou que não lembra de nada da decisão por causa disso.

Desfalques do Bayern e homenagem

O Bayern foi para o jogo cheio de desfalques: Alaba, Thiago Alcântara, Müller, Neuer, Rafinha, Ribéry e Robben não estavam disponíveis por causa de lesões.

O problema mais recente foi com Thiago, que até recebeu uma homenagem antes do jogo. Os atletas entraram com camisas especiais para dar força ao filho do brasileiro Mazinho.

Técnico furioso

Técnico do Bayern, Jupp Heynckens costuma ficar tranquilo na beira do gramado. Mas neste sábado ele ficou furioso no 1º tempo, gesticulou bastante e reclamou muito com os jogadores. Logo depois de sair o segundo gol do Borussia, ainda no 1º tempo, ele já trocou um lateral (Bernat) por um atacante (Coman).

Quase gol de brasileiro

O atacante Raffael esteve muito perto de abrir o placar para o Borussia com apenas 12min de jogo. Ele ficou frente a frente com o goleiro, mas chutou em cima dele.

Quase golaço de Lewandowski

Depois que o Bayern sofreu o primeiro gol, Lewandowski quase empatou com um golaço. Ele arriscou uma finalização de calcanhar na área e mandou a bola na trave.

Emoção nos últimos minutos

Os dois times tiveram chances de fazer gol nos acréscimos. Primeiro Drmic avançou sozinho pela direita, mas chutou para fora, mesmo de frente para o goleiro. Logo em seguida, o Bayern levou perigo com um cruzamento para área, mas ninguém pegou a sobra de bola.

BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH 2 x 1 BAYERN DE MUNIQUE

Local: Estádio Borussia-Park
Data: 25/11/2017
Árbitro: Manuel Gräfe 
Cartões amarelos:  Tolisso (BAY), Elvedi (BOR)
Gols: Hazard, aos 38min do 1º tempo; Ginter, aos 43min do 1º tempo; Vidal, aos 33min do 2º tempo.

BORUSSIA MONCHENGLADBACH
Sommer; Elvedi, Vestergaard, Ginter, Wendt; Hazard, Zakaria, Kramer (Jantschke e depois Johnson), Hermann; Raffael (Drmic) e Stindl.
Técnico: Hecking

BAYERN DE MUNIQUE
Ulreich; Kimmich, Süle, Hummels, Bernat (Coman); Vidal, Martinez, Rudy (Wriedt); Tolisso, Lewandowski, James (Friedl).
Técnico: Jupp Heynckes

UOL Cursos Online

Todos os cursos